Um plano de negócios, muitas vezes chamado de Business Plan no mundo corporativo, é nada mais que um guia, um roteiro para sua empresa que descreve as metas e detalha como você planeja alcançá-las, apresentando um plano escrito do ponto de vista de marketing, financeiro e operacional.

Um plano de negócios também é um roteiro que fornece orientações para que uma empresa possa planejar seu futuro e a ajuda a evitar obstáculos. O tempo que você gasta fazendo um plano de negócios completo e preciso, e mantendo-o atualizado, é um trabalho inicial grande, mas que compensa, e muito, no longo prazo.

Embora sejam especialmente úteis para novas empresas, toda empresa deve ter um plano de negócios. Idealmente, uma empresa revisaria o plano periodicamente para ver se todas as metas foram atingidas, mudaram ou evoluíram.

Elementos de um Plano de Negócios

Não existem dois planos de negócios iguais, mas todos eles, normalmente, compartilham alguns elementos. Abaixo estão algumas das partes comuns e mais importantes de um plano de negócios:

  • Resumo executivo: esta seção descreve a empresa e inclui a declaração de missão com quaisquer informações sobre a liderança, funcionários, operações e localização da empresa, basicamente um “Quem é você?”.
  • Produtos e serviços: a empresa pode delinear os produtos e serviços que serão ofertados, podendo incluir preços, a vida útil do produto e quais benefícios traz para o consumidor. Em planos mais detalhados podem entrar nesta seção os processos de produção e manufatura, possíveis patentes que a empresa possa ter, descrição e detalhes técnicos da tecnologia utilizada e qualquer informação sobre pesquisa e desenvolvimento (P&D). Basicamente um “O que você faz, como e por quê?”.
  • Análise de mercado: uma empresa precisa ter um bom controle da indústria, setor e de seu mercado-alvo. Nesta seção descrevemos o mercado, a concorrência e como ela influencia o setor, juntamente com seus pontos fortes e fracos. Basicamente um “Com quem você vai competir?”.
  • Estratégia de marketing: esta seção é usada para descrever como a empresa vai atrair e manter sua base de clientes e como pretende chegar até o consumidor. Basicamente um “Quem são seus clientes e como chegará neles?”.
  • Planejamento financeiro: esta seção é uma parte importante para atrair quem o leitor e possíveis investidores da empresa. Inclui qualquer planejamento financeiro e/ou projeções. Demonstrações financeiras, balanços e outras informações financeiras úteis podem ser incluídas para negócios já estabelecidos. Novos negócios podem incluir alvos para os primeiros anos de negócios e quaisquer investidores atuais ou potenciais.
  • Orçamento: qualquer boa empresa precisa ter um orçamento em vigor, ou no caso de novos negócios uma projeção de orçamento. Isso inclui custos relacionados a pessoal, desenvolvimento, fabricação, operação, marketing e quaisquer outras despesas relevantes relacionadas ao negócio.

Tipos de Plano de Negócios

Embora não haja planos de negócios certos ou errados, eles podem se enquadrar em algumas categorias diferentes: Plano de Negócios Tradicional e Plano de Negócios Enxuto (Lean Business Plan).

Plano de Negócios Tradicional

O plano tradicional é normalmente o mais utilizado, com muito mais detalhes em cada seção. Eles tendem a ser muito mais longos e exigem mais trabalho, mas por isso se tornam mais atrativo para leitores e possíveis investidores.os documentos formais do plano de negócios, são projetados para serem lidos por pessoas de fora para fornecer informações sobre um negócio. Ocasionalmente, esse tipo de plano de negócios também é usado para recrutar, treinar ou absorver funcionários-chave.

Plano de Negócios Enxutos

Já os planos de negócios de enxutos usam uma estrutura padrão, embora não sejam tão comuns no mundo dos negócios. Eles são curtos, tão curtos quanto apenas uma página, e têm poucos detalhes. São normalmente usados ​​internamente como ferramentas de planejamento estratégico e crescimento.

Ele dispensa as formalidades necessárias de um plano feito para um empréstimo ou investimento e concentra-se na estratégia, táticas, objetivos, métricas, orçamentos e previsões de negócios.

Vantagens de Criar um Plano de Negócios

Existem apenas vantagens ao se criar um plano de negócios, principalmente para empresas novas. Ter uma ideia é ótimo, o problema começa quando você precisa botar no papel e descrever essa ideia e como você vai alcançar o seu objetivo. Muitas vezes ao escrever o plano de negócios você toma uma consciência maior do que está construindo, sendo obrigado a detalhar e tirar a ideia do abstrato, muitas vezes ajudando inclusive a pivotar possíveis ideias.

Para o crescimento da empresa e atração de possíveis investidores, é crucial que você já tenha um plano de negócios em mãos, dificilmente pessoas vão querer investir ou emprestar dinheiro para a sua empresa sem esse documento.

Imagine que você está construindo uma empresa na área de saúde, seu plano de negócios além de precisar conter todos os itens explicados acima, precisará informar para o leitor como você pretende lidar com regulamentações governamentais, cada plano de negócio precisa se adaptar ao seu mercado e apresentar aos investidores potenciais as soluções para empecilhos específicos.

0 0 voto
Nota do Artigo
Author

Um nerd nada tradicional… Desenvolvedor web full-stack, escritor amador e inventor nas horas vagas. Apaixonado por tecnologia e entusiasmado por projetos de código aberto!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x