Você provavelmente chegou até aqui porque se deparou com um arquivo de extensão TAR ou talvez porque não lembra qual a combinação louca de opções (xzvf) para extrair o arquivo no Linux.

Diminutivo do inglês “Tape Archive”, às vezes chamado de tarball, é um arquivo no formato consolidado do Unix. Arquivos .tar são utilizados para consolidar arquivos e pastas em um só, outro aspecto importante dos arquivos .tar é que eles mantém as informações do sistema de arquivos, como permissões de usuários, datas de modificação e todas as estruturas de diretório e por isso essa extensão se popularizou facilitando o compartilhamento de scripts e arquivos pela internet.

O formato TAR é muito comum em sistemas Linux e Unix, mas vale ressaltar que esse tipo de arquivo não possui compressão, para isso precisamos transformar em um arquivo TGZ, a também famosa extensão .tar.gz.

Como abrir um arquivo .tar

Se você está no Linux essa é uma tarefa bem simples e não necessita de nenhum outro programa além do seu terminal:

# Arquivo .tar
$ tar -xvf arquivo.tar #Extrair o conteúdo na pasta atual
$ tar -xvf arquivo.tar -C /tmp #Extrair o conteúdo na pasta /tmp
# Arquivo .tar.gz
$ tar -xzvf arquivo.tar.gz #Extrair o conteúdo na pasta atual
$ tar -xzvf arquivo.tar.gz -C /tmp #Extrair o conteúdo na pasta /tmp

Se você está no Windows, os arquivos TAR podem ser abertos com a maioria dos programas de zip/unzip. Duas ótimas opções para esse trabalho são os programas 7-Zip e PeaZip.

Como criar um arquivo .tar

No Linux a criação de arquivos .tar é tão simples quanto a extração. No comando abaixo vamos gerar o arquivo já comprimido com gzip, o que vai resultar em um arquivo .tar.gz. Note que adicionar a extensão .gz no final não é obrigatório mas é recomendado por ser uma boa prática para identificar e facilitar na hora da extração.

$ tar -czvf nome-arquivo.tar.gz /home/Downloads

No comando acima passamos a opção -czvf, o que representa:

  • -c: Criar um arquivo
  • -z: Usar gzip para comprimir o arquivo
  • -v: Habilitar o modo “verbose” para mostrar o progresso da criação do arquivo
  • -f: Permite especificar um nome de arquivo diferente do nome da pasta

Agora se você está no Windows, a maneira menos complicada de criar o arquivo .tar precisamos utilizar alguma ferramenta gráfica como o 7-Zip:

  1. Selecione todos os arquivos e pastas que você deseja no seu arquivo .tar
  2. Clique no primeiro ícone da barra superior “Adicionar”
7Zip
  1. Em “Formato do arquivo compactado” selecione tar
  2. Clique em Ok
7Zip

No Windows o 7-Zip não permite realizar a geração do arquivo TAR e a compressão com gzip em uma etapa só, por isso precisamos de uma etapa adicional.

  1. Selecione o arquivo .tar recém criado
  2. Em “Formato do arquivo compactado” selecione gzip
  3. Clique em Ok
7Zip
Author

Um nerd nada tradicional… Desenvolvedor web full-stack, escritor amador e inventor nas horas vagas. Apaixonado por tecnologia e entusiasmado por projetos de código aberto!

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of