PHP (um acrônimo recursivo para PHP: Hypertext Preprocessor”) é uma linguagem interpretada de código aberto, usada principalmente no desenvolvimento do lado do servidor (backend) de aplicações web.

Criado por Rasmus Lerdorf em 1995, o PHP tem o desenvolvimento e documentação mantida por The PHP Group. O PHP é distribuindo em código aberto e licenciado sob a PHP License.

Estimasse que entre 60% e 80% da internet é movida por aplicações desenvolvidas em PHP. Graças a popularidade de aplicações de código aberto como o WordPress e Magento, o PHP se mantém uma linguagem extremamente popular, e assim será por um bom tempo.

O que é uma linguagem de script?

Antes de entender o que é PHP, precisamos entender o que é uma linguagem de script.

Um script é um conjunto de instruções de programação que são interpretadas em tempo de execução. Os scripts do lado do servidor, como o PHP, são interpretados no servidor, enquanto os scripts do cliente são interpretados pelo aplicativo cliente, navegador, por exemplo, como é o caso do JavaScript. Essas linguagens normalmente dependem de outras aplicações para serem executadas, criando o ambiente de execução.

Entendendo melhor o PHP

O código PHP pode ser incorporado ao código HTML ou pode ser usado em combinação com vários sistemas de modelos da web, sistema de gerenciamento de conteúdo da web e estruturas da web. Um arquivo PHP contém tags PHP e termina com a extensão “.php”.

<?php
  echo "Hello Wolrd";
?>

Um arquivo PHP também pode conter tags como HTML e JavaScript.

<!DOCTYPE html>
<html>
  <head>
    <title>Exemplo de Página</title>
  </head>
  <body>
    <h1>
      <?php echo "Olá, eu sou um título!"; ?>
    </h1>
    <script>
      alert("Olá, eu sou um alerta!");
    </script>
  </body>
</html>

Fluxo de uma aplicação PHP

O PHP é responsável por fazer toda a lógica para, por exemplo, renderizar uma página web. Ele cuida de consultar os bancos de dados, fazer qualquer cálculo e retornar o HTML pronto para que o navegador possa exibir para o usuário.

Sem entrar em questões muito técnicas, mas para uma aplicação web funcionar você precisa de um servidor web configurado para executar os arquivos PHP. Ele é o responsável por encontrar qual script correto a ser executado quando você acessa uma página como, por exemplo, https://marquesfernandes.com. Os servidores web mais populares e utilizados são o Apache e Nginx.

PHP na prática

Veja abaixo o exemplo de um código PHP simples que executa um laço de repetição exibindo tags em HTML:

Características do PHP

O PHP é uma excelente linguagem para desenvolver aplicações web, podemos citar algumas características importantes:

  • Velocidade e robustez: Com mais de 25 anos no mercado, o PHP foi e é amplamente testado e melhorado diariamente. Conta com muitos tutoriais e cursos além de uma comunidade muito ativa.
  • Orientação a objetos: O PHP é uma linguagem altamente otimizada para desenvolvimento orientado a objetos.
  • Portabilidade: independência de plataforma – escreva uma vez, rode em qualquer lugar (ou em qualquer servidor web que de suporte).
  • Tipagem dinâmica: O PHP é uma linguagem fracamente tipada, permitindo um desenvolvimento veloz e prático.
  • Código Aberto: Você não precisa pagar nada para desenvolver ou usar o PHP.

Extensões de um arquivo PHP

Um arquivo PHP é salvo com a extensão “.php“, existem algumas variações antigas que talvez você talvez possa encontrar em aplicações legadas:

  • .phtml
  • .php3
  • .php4
  • .php5
  • .phps
0 0 voto
Nota do Artigo
Author

Um nerd nada tradicional… Desenvolvedor web full-stack, escritor amador e inventor nas horas vagas. Apaixonado por tecnologia e entusiasmado por projetos de código aberto!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x